Sermões de Padre Antônio Vieira ganham edição com textos complementares, notas e almanaque pela FTD Educação

Com organização de Benjamin Abdala Junior, a obra foi concebida pensando na fluidez da leitura e traz mais de 100 notas de vocabulário ou de biografias de personagens históricas

Sermões escolhidos de Padre Antônio Vieira

Editora: FTD Educação

Autoria: Padre Antônio Vieira

Adaptação: Benjamin Abdala Junior

Preço sugerido: R$ 46.00

Número de páginas: 240

Maior orador da corte do rei Dom João IV, chamado por Fernando Pessoa de “imperador da língua
portuguesa”, Padre Antônio Vieira exerceu grande influência sobre a cultura brasileira e marcou, como poucos, a literatura do seu e do nosso tempo. Ainda hoje, é uma referência indispensável para quem quer entender a história do Brasil desde a época colonial. Com o intuito de oferecer grandes textos universais de forma agradável e sem perder sua essência, a FTD Educação lança Sermões escolhidos de Padre Antônio Vieira.

 

Com organização do professor Benjamin Abdala Junior, a obra – parte da coleção Almanaque dos clássicos da literatura brasileira – reúne seis textos que influenciaram profundamente o destino dos indivíduos no Brasil Colônia, pelos temas abordados: a escravidão de negros e indígenas, a corrupção dos governantes, a presença holandesa no País e a expulsão dos jesuítas do Maranhão. São eles: “Sermão da Sexagésima”; “Sermão décimo quarto do Rosário”; “Sermão pelo bom sucesso das armas de Portugal contra as da Holanda”; “Sermão da primeira dominga da Quaresma”; “Sermão do bom ladrão”; e “Sermão da epifania”.

 

Para tornar a leitura mais fluida, este título, que tem como base, entre outras, a edição portuguesa da Lello & Irmãos, conta com mais de uma centena de notas de vocabulário ou de biografia das personagens históricas citadas. Já as passagens em latim foram todas traduzidas para o português, no corpo do texto, e o original, disponibilizado no rodapé – fato inédito nas antologias de obras de Padre Antônio Vieira. Antes de cada sermão, Abdala contextualiza o leitor sobre os temas descritos no texto, além de dar referências históricas e sociais da época em que foram escritos.  

 

“Os sermões reunidos nesta coletânea foram organizados de forma a permitir a compreensão desse sentido político da obra literária de Vieira, sobretudo em relação ao Brasil. O leitor poderá verificar o atrevimento e a coragem de Vieira na defesa de seus pontos de vista, mas também suas ambiguidades, como em relação ao cativeiro dos africanos. As incoerências do missionário jesuíta, em relação à escravidão desses últimos, são motivadas por razões de ordem prática — sua preocupação pela gestão concomitante das coisas materiais (a economia açucareira) e das espirituais (os objetivos políticos da Companhia de Jesus)”, afirma o professor Abdala.

 

Como é característico dos títulos que compõem a coleção da FTD Educação, a obra traz também uma série de curiosidades – em formato de Almanaque – sobre a vida de Vieira, além de dados históricos sobre sua época e uma farta iconografia.

 

“Na leitura dos textos de Vieira encontramos uma experiência privilegiada da arte de convencer. Observe suas estratégias com distanciamento. Você está protegido dessa persuasão, mas, com certeza, aprenderá a identificar melhor uma forma de convencimento, depois de conhecer a técnica verbal de Vieira”, diz a doutora em Teoria da Literatura, Ligia Cademartori, na apresentação da obra.

 

Autoria

Antônio Vieira nasceu em Lisboa, no dia 6 de fevereiro de 1608. Com apenas seis anos, mudou-se com a família para Salvador. Estudou num colégio da Companhia de Jesus, no qual se destacou como aluno, e formou-se professor de retórica, filosofia e teologia. De volta a Lisboa, tornou-se diplomata, conselheiro do rei e o mais célebre pregador da época. No Brasil, viveu ainda no Pará e no Maranhão, onde atuou contra a escravidão dos indígenas. Por ter escrito textos proféticos, foi julgado, condenado e depois perdoado pela Inquisição. Antes de morrer, aos 89 anos, em 1697, na Bahia, Vieira pôde publicar os Sermões.

Adaptação

Organização: Benjamin Abdala Junior nasceu em São Paulo, em 1943. É professor e crítico literário, com mestrado, doutorado e livre-docência em Letras pela Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo (FFLCH-USP). Escreveu, organizou e editou diversos livros e coleções. Especialista em literatura dos países de expressão portuguesa, desenvolveu pesquisas no campo da Literatura Comparada.

Sobre a FTD Educação

ftd.com.br
Há mais de 100 anos, a FTD tem como missão transformar a sociedade por meio da Educação, pensando além e inspirando a descoberta, a escolha, a liberdade e a cidadania. Reconhecida como uma empresa parceira, flexível e humana, em 2015 reposicionou sua marca no mercado e passou a se chamar FTD Educação, cujo slogan é ’Educar bem é pensar além’. Sua proposta é integrada para escolas, alunos, professores e sociedade e conta com: materiais didáticos e de literatura; Soluções Educacionais – com suporte para escolas, consultoria educacional, formação de professores, entre outros; novas tecnologias – ferramentas que ampliam possibilidades de ensino dentro e fora da sala de aula; obras e serviços que envolvem a família na busca por uma Educação completa.

Informações para a imprensa

GUME – Reputação e Engajamento
Carolina Bessa | Email: carolina.bessa@agenciagume.com.br
Telefones: (11) 3598-6061 (FTD) | (11) 3159-3247 | 2339-3878 (GUME)
Celular: (11) 9 9104-3184
Site: www.agenciagume.com.br